Naim Mu-so

Quando, no início do século, a Sonos surgiu com aquele que foi, indubitavelmente, o primeiro sistema de Hi-Fi multi-sala sem fios, estava longe de imaginar que a concorrência demorasse mais de uma década a reagir. E, no entanto, foi exatamente o que sucedeu – o que é ainda mais estranho quanto, no mundo da eletrónica de consumo, as história de sucesso nunca tardam em ser emuladas.
Mas mais vale tarde que nunca e mesmo as marcas com maior tradição na alta-fidelidade "pura e dura" entraram já no jogo. E com argumentos de peso. Uma destas propostas chama-se Mu-so e vem nada menos da Naim, um dos nomes queridos dos audiófilos.
Se o look é fabuloso, é preciso ouvir este sistema a funcionar para percebermos que entrámos num patamar de qualidade que nada tem a ver com os rapazes norte-americanos.
Para quem não quer ver "caixotes" ligados por fios e colunas soltas pela casa, o Mu-so resolve tudo. E tudo o que é preciso está dentro da elegante caixa, incluindo amplificação (nada menos do que 6x75 watts!), controlo via apps e suporte para tudo quanto é ficheiro de áudio de alta qualidade. É só ligar à rede lá de casa e já está – depois de ficar com menos 1.250 euros na carteira. Mas como eu sempre digo, "o que é barato sai caro e o que é bom custa dinheiro..." ;-)
 

Techno Lust Design by Insight © 2009