Redmi Smart TV Max 98



Um televisor com quase dois metros e meio de diagonal? Não sei onde o irei colocar, mas a resposta só pode ser "yes please!". Apresento-vos o Xiaomi Redmi Smart TV Max, na sua gloriosa versão de 98'' e resolução 4K. Disponível apenas na China (snifff...), este glorioso aparelho de TV não é simplesmente "vendido": o(a) seu(ua) feliz proprietário(a) terá direito a vê-lo chegar a casa num transporte especial e a ser instalado e configurado por pessoal especializado.
No entanto, o mais interessante nem é isso: é o preço. E não por ser muito elevado, mas por ser muito mais baixo do que imaginaríamos. Quanto baixo? Bem, tendo em consideração que um vulgar Samsung QLED de 75'' custa a módica quantia de 4.900€ e que, nos EUA, a loja oficial da marca sul-coreana nos dá o preço indicativo de 100.000 dólares (!) para a sua TV de 98'' (embora, neste caso, de resolução 8K), só podemos dizer que este Redmi é uma verdadeira pechincha: apenas 10.000 yuan. Ou seja, cerca de 2.600€. Por este preço, acho que nem vale a pena gastar dinheiro a pintar a parede da sala: coloca-se o televisor e já está! Além disso, com o que se poupa em deixar de ir ao cinema, o investimento é recuperado rapidamente! 
Read more

Sony Alpha 7 III

Lançada originalmente no final de 2013 (!), a Sony Alpha 7 foi uma pedrada no charco do mundo da fotografia digital: a primeira câmara mirrorless fullframe do mundo. Apenas um ano depois, a Sony voltaria a inovar com a Alpha 7 II, melhorando a proposta inicial com o primeiro estabilizador de imagem integrado (também conhecido por IBIS, iniciais de In-Body Image Stabilization) no corpo de uma câmara deste género; e a α7 Mk III surgiria em 2015, com mais uma série de melhorias significativas, entre elas a capacidade de gravar vídeos 4K.

Para 2020 está previsto o anúncio de uma α7 Mk IV, mas à data deste post, tal ainda não sucedeu. Porquê, então, falar da Sony α7 como algo que provoca luxúria tecnológica? É que, ao contrário do que sucede com outras marcas, cujos modelos antigos desaparecem rapidamente do mercado, podemos hoje comprar uma A7 ou uma A7II – novas! – a preços muito interessantes.

Quanto interessantes? Bem considerando com uma α7III nova é coisa para 2.000 euros (só o corpo, sem objetiva), hoje uma α7II (mais apetecível do que a α7, por já possuir IBIS) pode ser adquirido por menos de 1000 euros já com uma objetiva zoom 28-70mm. E, com o iminente anúncio de uma Mk IV, o mais certo é todos estes preços descerem – incluindo até o da Mk III.

Ou seja, aquilo que era, até há bem pouco tempo, uma máquina profissional, para profissionais e com um preço a condizer, está hoje ao alcance dos amadores avançados e com orçamentos menos robustos. Techno Lust indeed...
Read more

Fyne Audio F500

O que é melhor do que uma colunas com um som excelente? Umas colunas com um som excelente e que também são muito bonitas! Melhor ainda? Umas colunas que além de soarem bem e serem bonitas... não são muito caras.

Apresento-vos as Fyne Audio F500. A marca escocesa – relativamente jovem – foi fundada por pessoal que veio sobretudo da Tannoy. Por isso, não admira que encontremos aqui alguns dos conceitos já ensaiados nesta lendária marca, como é o caso do tweeter (altifalante de agudos) que surge montado de forma concêntrica ao Woofer (altifalante principal, para os médios/graves).

O resultado é uma coluna "de prateleira" (por oposição às que são para colocar diretamente no chão) relativamente compacta, com 32,5cm de altura, mas que "toca" tão bem como outras bem maiores. Um dos segredos é o facto de possui um pórtico que, em vez de estar aberto à frente ou atra´s, como é habitual, foi aberto para baixo; depois, há um difusor em forma de cone e uma grelha na base da coluna que permite que uma dispersão omnidirecional do ar deslocado dentro da caixa pelo movimento do altifalante.

As Fyna Audio têm representação relativamente recente em Portugal mas são já a minha nova obsessão. Ainda para mais porque custam 699€ (par). É dinheiro, mas no mundo do Hi-Fi é dinheiro bem gasto.
Read more

Bose Frames

E agora, algo completamente diferente: um par de óculos! Claro que os Bose Frames não só uns óculos normais: são "apenas" a forma mais cool de ouvir música.
Sim, ouvir música! Nas hastes dos Bose Frames esconde-se um sistema de som estéreo surpreendentemente poderoso que reproduz apontando diretamente para os ouvidos.
O resultado... Bem, o melhor é mesmo ouvir, porque é realmente bom. Talvez falte ali uns graves, é verdade, mas não nos estamos propriamente a queixar.
O sistema tem autonomia suficiente para quem anda o dia todo na rua e liga-se através de Bluetooth ao smartphone, pelo que é capaz de reproduzir tudo o que o dispositivo móvel lá tenha, seja ficheiros, seja qualquer serviço de streaming, como o Spotify ou o Tidal. Além disso, permite também receber e fazer chamadas pois tem um microfone integrado.
Os óculos podem ser adquiridos em duas versões: os da imagens chamam-se Alto e há uns Rondo, com lentes redondas. Em breve estarão disponíveis versões de ambos um pouco mais pequenas. E há também lentes de substituição coloridas, em cinza, azul e gold. O preço é muito razoável para o aqui se oferece – e ainda mais considerando que não existe concorrência: 230€.
Read more

Newron

Se o último artigo era de um produto que conjugava a modernidade com o estilo clássico, esta proposta da empresa francesa Newron Motors levas coisas ao extremo: uma futurista moto elétrica com um design reminiscente da estética steampunk.

Claro que se trata de um exercício de estilo destinado sobretudo a criar "buzz" em torno dos projetos da marca (trata-se de um protótipo sem qualquer preço anunciado), mas mesmo se a ideia é apenas essa, não deixámos de ficar intrigados.

Para já a empresa são apenas 3 pessoas, mas juntando o seu know-how ao de outras empresas, conjugando design inovador com um conjunto motriz elétrico, o projeto aponta para a produção de 12 unidades já em 2020.

Só não fiquem desapontados se não tiverem exatamente este aspeto... :-)
Mais em https://youtu.be/s3e_kFydy5Y.
Read more

HD-CD1 & HD-AMP1

Quando é que um clássico é também moderno? Uma resposta possível pode ser o conjunto de leitor de CD HD-CD1 e amplificador integrado HD-AMP1 da Marantz.

Estes componentes podem ser adquiridos separadamente ou em conjunto, mas nós preferimos a última hipótese – de preferência em preto (também pode ser em "silver gold") e com painéis laterais em madeira de nogueira envernizada.

Não me vou alongar em especificações técnicas (para isso têm os links acima), mas podemos todos concordar que o resultado, ainda antes de ser fabulosamente bom para os ouvidos, é fantástico para os olhos.

Para quem já não tem CDs lá por casa e, na verdade, só houve música com auscultadores, a marca propõe o HD-DAC1, com o mesmo "form factor", acabamento, estética e... qualidade de som! Resta o preço. O conjunto custa 1.768€ embora esteja temporariamente em promoção (em agosto de 2019) por 1.500€.
Read more

Zero SR/F

Chama-se ZERO SR/F, custa cerca de 20.000 euros e tem uma autonomia superior a 300 Km. Autonomia? Sim, a ZERO é uma moto elétrica. E que moto, senhoras e senhores!

Disponível a partir de Abril de 2019, a ZERO faz parte do futuro do motociclismo. 

Primeiro, porque o seu preço não é assim tanto mais elevado do que uma moto com motor de combustão interna da mesma gama e com as mesmas prestações (com preços que excedem facilmente os 10.000 euros); depois, porque o facto de não ter uma caixa de velocidades convencional nem embraiagem, mas apenas uma engrenagem de redução, permite uma condução muito mais suave e progressiva, apesar do seu peso substancial (220 Kg).

Claro que continua a ser um produto para os early adopters, mas o mesmo se pode dizer para a maioria dos produtos que nos provocam luxúria tecnológica… :-)
Read more

Hama RS100

Nem sempre o que provoca luxúria tecnologia é um produto com um preço inatingível.

Veja-se o caso do sistema Hama RS100, um proposta simples mas que serve um propósito muito específico: levar som – sem fios – aos canais traseiros de um sistema de som surround.

Numa altura em que o pessoal parece achar que uma barra de som com um subwoofer serve perfeitamente para reproduzir o som do cinema-em-casa, este é um sistema que resolve o missing link sem levantar problemas conjugais.

A instalação é simples: uma das caixas recebe e envia o sinal sem fios para a caixa traseira, a qual amplifica o par de colunas incluído (ou outro qualquer que já possua). 

O resultado é transformar um sistema 2.1 num 5.1 completo, sem ter de passar fios pelo meio da sala. E, por 150€, parece-me uma pechincha.

Read more

Mi Electric Scooter

Ainda não há muito tempo falei aqui de um veículo elétrico da Xiaomi. Mas se agora volto à carga é porque este existe verdadeiramente na Europa e pode até ser adquirida em Portugal –  custa 400€.

Chama-se Xiaomi Mi Electric Scooter, está disponível em preto ou em branco e, como se vê na imagem, é dobrável.

Vi-a à venda na Fnac e fiquei muito impressionado com a qualidade de construção e, sobretudo, com os detalhes – desde o tamanho das rodas (pneus de 8,5'') aos travões de disco, passando pela forma como os cabos são colocados dentro do quadro ou as luzes integradas.

A autonomia é de uns substanciais 25 Km, o que me parece mais do que adequado à utilização urbana a que se destina.

O preço também não é nada de estapafúrdio pelo que se é dos que já usam as trotinetes elétricas de aluguer espalhadas (literalmente...) por Lisboa, por exemplo, não será má ideia equacionar o investimento numa destas Xiaomi.

Read more
 

Techno Lust Design by Insight © 2009