Super Soco TC Max

 

Vamos começar por abordar o "elefante na sala": o nome Super Soco não lembra ao diabo! :-) Mas, se ignorarmos o detalhe, bem que podemos ficar a sofrer de techno lust, sobretudo quando este é um objeto que até tem um preço que o coloca ao alcance da maioria das pessoas.

Aliás, não sendo a primeira vez que falamos aqui de veículos elétricos de duas rodas, penso que nunca tinha aqui trazido algo com um preço razoável (já lá vamos...). Mas, pelo menos para mim, o que mais me chama a atenção na Super Soco TC Max é a sua estética muito bem conseguida.

Existem duas variantes desta moto, cuja potência o Código da Estrada português coloca como equivalente a uma moto de 125 cc, o que significa que pode circular em auto-estrada: esta versão, com rodas com raios (a mais clássica); e uma versão com rodas em alumínio de 8 raios – que, se for mais do vosso agrado, até é um pouco mais barata.

A autonomia desta moto, com a sua estética café racer neo-retro, é de 110 Km mas, tal como acontece com os automóveis elétricos, tudo depende da forma como é utilizada, sendo que esta é uma autonomia facilmente conseguida em cidade e, em estrada, deverá ser um pouco inferior.

Disponível em Portugal (e com assistência técnica igualmente garantida pelo distribuidor português), a Super Soco TC Max tem um PVP de 4192 euros (+IVA) para a versão com jantes de alumínio e de 4321€ +IVA para a da imagem.

Quem pretenda apenas uma moto elétrica para a cidade, existe também a Super Soco TC, equivalente a uma moto de 50 cc, com um PVP de 2878€ +IVA.

Sem comentários:

Publicar um comentário

 

Techno Lust Design by Insight © 2009