Casio A1000D-7EF


 

Para quem tenha mais de 40 anos é difícil não sentir um arrepiozinho de nostalgia (e não sorrir!) quando vemos um destes Casio digitais. Além disso, é um daqueles casos de luxúria tecnológica ao alcance de qualquer pessoa. 

Este modelo tem algumas especificações que, à primeira vista, podem não chamar a atenção dos mais desatentos, mas que o separam do resto dos (imensos) modelos da marca japonesa. O mais aparente é o mostrador em madrepérola. Menos óbvio é o material da caixa, que é em aço inoxidável; e do mostrar, que é protegido por vidro mineral.

A verdade é que os Casio (e os Seiko, e os Citizen...) deste tipo, parecem ser em aço mas são na realidade produzidos em resina sintética e revestidos com uma fina folha de aço. O que não é a mesma coisa. E, quanto ao mostrador, o plástico acrílico (que se risca muito facilmente) é o mais usado nestes casos.

Mas precisamente por isso é que este é um relógio com um PVP da ordem dos 100 euros, quando os Casio normais do mesmo tipo (usam todos a mesma eletrónica e têm todos, praticamente, as mesmas funções) custam menos de 40 euros!

Vá lá, quem é que disse que não podemos sofrer de luxúria tecnológica e, mesmo assim, não termos de gastar muito dinheiro? ;-)

Sem comentários:

Publicar um comentário

 

Techno Lust Design by Insight © 2009